Blogs Unigranrio

“Um presente para o futuro: Globalização e Políticas de Sustentabilidade”.

Iniciamos mais uma jornada de trabalho e o tema de Formação Geral para o segundo semestre de 2013 será:

“Um presente para o futuro: Globalização e Políticas de Sustentabilidade”.

Ao pensar sobre esta temática, logo nos vêm à mente as questões ambientais que exigem aproximarmos o amanhã das nossas decisões no hoje: não decidirmos somente para nós, mas principalmente para os que virão.

Mas, que tal exercitarmos junto aos nossos pares e alunos essa intertemporalidade, indagando como lidamos com o nosso presente tendo em vista nossos projetos e planos futuros?

Como opormos o valor da sustentabilidade a uma forte tendência da Globalização em priorizar o aqui e o agora?

Então, está lançado o convite para refletirmos como, no nosso dia a dia e na formação específica de cada Curso da UNIGRANRIO, geramos provedores de futuros.

Tragam suas ideias e colaborações e sejam bem-vindos ao amanhã.

Uma mensagem lúdica para fazer pensar !

“Ilustrador especializado em animação, o londrino Steve Cutts lançou um curta genial sobre como a humanidade age em relação aos outros habitantes deste planeta e em relação ao próprio meio ambiente, o curta exibe uma mensagem consistente sobre o consumo de carne, testes em animais, poluição dos rios, derrubada de florestas e todas as atividades destrutivas que o ser humano mantém..”

Clique na imagem e assista a animação.

CONTAMOS COM A PARTICIPAÇÃO DE TODOS!

730 comments to “Um presente para o futuro: Globalização e Políticas de Sustentabilidade”.

  • jacqueline teixeira

    a humanidade vem se defrontando com diversos problemas típicos da sociedade pós-industrial, dentre eles a dificuldade em conciliar o crescimento econômico com a proteção ao meio ambiente. Para se atingir um desenvolvimento sustentável, é preciso examinar as dimensões sociais, econômicas, ecológicas, espaciais e culturais – numa visão multidisciplinar – a fim de analisar as variáveis e todo o espectro de perspectivas que envolvem o imenso desafio de atender às necessidades materiais e imateriais da sociedade de forma eqüitativa

  • jacqueline teixeira

    constata-se a necessidade da implementação de ações e políticas públicas e privadas visando ao desenvolvimento sustentável em todo o planeta, por meio de medidas como: tecnologias não degradadoras do meio ambiente (as tecnologias limpas); incrementação de alternativas sustentáveis e incentivo à pesquisa nesse campo; gerenciamento racional dos recursos naturais e culturais; estímulo de parcerias entre todos os segmentos da sociedade.
    curso de história estágio 3

  • jacqueline teixeira

    constata-se a necessidade da implementação de ações e políticas públicas e privadas visando ao desenvolvimento sustentável em todo o planeta, por meio de medidas como: tecnologias não degradadoras do meio ambiente (as tecnologias limpas); incrementação de alternativas sustentáveis e incentivo à pesquisa nesse campo; gerenciamento racional dos recursos naturais e culturais; estímulo de parcerias entre todos os segmentos da sociedade.
    curso de história estágio 3

  • Michérlon Brissantt Junior

    Realmente o mundo tende a caminhar para um futuro sombrio, nós já sentimos os efeitos desses erros. O ser humano tende ser egoísta e não ligar para as consequências, temos que mudar isso conscientizando a população mundial; aos governantes, de uma maneira eficaz para que surta efeito e isso tem que ser rápido.
    Michérlon Brissantt Junior
    Ed. física
    Matrícula: 6004894

  • Jeronimo Jose Lourenço da Silva

    É muito interessante o tema da Globalização e sustentabilidade, porém perceber as questões sociais que a envolvem é tarefa de uma reflexão mais profunda. Milton Santos vai fazer esta reflexão sobre a temática demonstrando que Globalização não é sinônimo de Inclusão e que é necessária repensar este conceito para uma nova Globalização. Entretanto, a sustentabilidade pensada de forma coerente gerará grandes resultados, não a curto prazo, mas para um futuro aonde nosso filhos vão poderão desfrutar da beleza do meio ambiente equilibrado e conservado.

  • Jussara Helena do Couto Martins

    Quando se refere ao crescimento econômico, normalmente a visão foca somente nos lucros, infelizmente não costumam se preocupar com os prejuízos ou danos causados para se obter esse”lucro”. Quando há uma pressão através de denuncias, conscientização, campanhas, então começa a mobilizar-se lembrando que temos um meio ambiente que precisa ser cuidado para nosso próprio bem futuro

  • marisa gomes alonso

    Com o advento da tecnologia de comunicação e principalmente com o acesso a internet, o planeta se tornou um local comum a todas as nações, intitulada de Globalização, onde tudo o que ocorre em qualquer ponto do mundo, toda humanidade toma conhecimento. E foi com essa percepção, que os órgãos de proteção ao meio ambiente tomaram ciência que o planeta está sendo sugado continuamente pelo homem, exaurindo de forma contundente, toda riqueza natural que o planeta nos oferece. O vídeo que Steve Cutts apresenta, nos demonstra de forma sucinta, porém objetiva, como a falta de comprometimento do homem com a natureza nos levará a um planeta sem vida, transformando o nosso habitat em um imenso depósito de sucata de toda espécie de lixo que podemos produzir. A sustentabilidade é o princípio apresentado, com o objetivo de nos fazer perceber que, somente quando passarmos a respeitas o planeta e suas riquezas, poderemos usufruir de tudo que nos é oferecido do CÉU, da TERRA e do MAR.
    Marisa Gomes Alonso
    Artes Visuais
    0200619
    Estágio Supervisionado

  • Artes Visuais
    Estágio III
    Rodrigo Pinheiro

    Só vejo o planeta e o mundo globalizado quando esta palavra se tornar sinônimo de compaixão. Não tem como fazer nosso planeta perdurar se vivermos na lei do sobreviva o mais forte.
    Mas creio que essas atitudes já são o primeiro passo em rumo a essa consciência maior.

  • Luan Rodrigo Souza da Silva

    Como o próprio texto sugere a sustentabilidade é um presente para o futuro, mas ao pensarmos em sustentabilidade pensamos frequentemente em poluição, desmatamento e etc, mas não podemos esquecer de um problema que esta cada vez mais presente em nosso cotidiano, a crescimento populacional descontrolado. O controle da natalidade deve ser levada a serio, assim como o desmatamento e a poluição.

    Aluno:Luan Rodrigo Souza da Silva
    Curso:Licenciatura em História
    Período:4°
    Disciplina:Estagio Supervisionado observação(ensino fundamental)
    Professor:Cíntia Bonfim

  • Marli Fagundes

    Este vídeo nos leva a perceber o quanto o homem ainda pensa em si só, transmite a realidade no qual vivemos, infelizmente o homem com tanta evolução parou no tempo em relação ao nosso plante, ao cuidado… Um ótimo vídeo para mostrar de forma lúdica o que acontece ao nosso redor. A natureza está ai, a cada dia nos mostra de forma diferente, e nós o que fazemos para agradecer à ela o tanto que nos proporciona? Infelizmente as pessoas andam muito ocupadas cuidando do seu próprio eu, e quando acontece algo com a natureza fala que não é sua responsabilidade. O ser humano tem que pegar suas responsabilidades para si.

  • Esse curta mostra exatamente o que o homem tem feito com a natureza e os animais ao longo da vida. E se não nos conscientizarmos de que estamos destruindo tudo, nunca haverá a sustentabilidade e consequentemente não haverá futuro. É preciso uma conscientização, depois uma mudança, primeiro da nossa parte, depois do governo e depois de todos, ai sim podemos dizer que haverá um lugar melhor para nossos filhos, netos, bisnetos,etc.

  • Juan dos Santos Rodrigues Cruz

    O conceito de “sociedades sustentáveis” parece ser mais adequado que o de “desenvolvimento sustentável”, na medida em que possibilita a cada uma delas definir seus padrões de padrões de produção e consumo, bem como o de bem-estar a partir de sua cultura, de seu desenvolvimento histórico e de seu ambiente natural. Além disso, deixa-se de lado o padrão das sociedades industrializadas, enfatizando-se a possibilidade de existência de uma diversidade de sociedades sustentáveis, desde que pautadas pelos princípios básicos da sustentabilidade ecológica, econômica, social e política.

  • Juan dos Santos Rodrigues Cruz

    É difícil não perceber que o debate sobre sustentabilidade tem se pautado predominantemente pelo recurso a categorizações socialmente vazias. Ou seja, as noções evocadas costumam não contemplar a diversidade social e as contradições que perpassam a sociedade quando está em jogo a legitimidade de diferentes modalidades de apropriação dos recursos do território. Os diagnósticos e as definições têm se situado no campo técnico, apresentando-se como descolados da dinâmica da sociedade e, consequentemente, da luta social

  • Joycelaine Izaias

    Curso de Licenciatura em História
    Disciplina: Geo-História
    Professora: Andrea Cristina

    Sustentabilidade é uma palavra que está super na moda, mas acredito que poucas pessoas param pra pensar, o quanto é importante que cuidemos do nosso planeta.Devemos reconhecer que se as pessoas não se consciencizarem, estaremos com o futuro do planeta comprometido. Devemos fazer a nossa parte e implementar ações que fazem a diferença.

  • Luciana Teixeira 0101236

    3 Período de estética e Cosmética – Duque de Caxias – Manhã – Professora Monique Maron – DLM
    Com o andamento progressivo da tecnologia em telecomunicações, temos hoje uma superação de barreiras burocráticas que antes disso exerciam cruelmente poderes de entrave ao desenvolvimento das pessoas de boa vontade e minavam destrutivamente potenciais ricos à evolução humana. Globalização é bom, e toda concorrência é algo saudável. Além do que, no processo de globalização, para uns imposto por outros, para outros provocado por necessidades indispensáveis, temos o homem forçosamente, e aqui de maneira positiva, voltado para suas premissas de qualidade de uso de recursos e de desenvoltura de sua conduta. “A necessidade faz a habilidade”!

  • Arthur Pimenta

    A verdade é que todos nós esperamos que não só o País em que vivemos, mas o Mundo em que nós vivemos esteja melhor do que hoje, livre do aquecimento global, precisamos construir um país e um mundo melhor para nossos filhos, que está geração possa de fato acordar, e cada um possa bater no peito e chamar a responsabilidade em não poluir nosso planeta. Que nossa economia possa amadurecer, e crescer, e dar seus frutos para o futuro, um futuro melhor para todos nós.

    Engenharia de Produção
    IEN004-40/1 Calculo III ( noite )
    Aluno: Arthur de Assis Pimenta, 5800941
    Professor: Jorge Kennedy

  • Suelen Ribeiro de Oliveira
    Matricula 0101312
    Estetica e Cosmetica , Manhã
    Professora : Monique Maron
    Materia :Drenagem linfatica

    Vendo ao vídeo devemos ter uma reflexão de colaboração para a não destruição para geraçoes futuras.Devemos pensar e valorizar, natureza e os animais, porque realmente com o passar do tempo causará grandes danos ao meio ambiente, que vivemos e o planeta está ameaçado por falta de conscientização da população mundial, aos governantes, de maneira geral. Pois precisamos realmente parar para pensar no futuro do planeta.
    Precisamos lutar por um mundo melhor, por um mundo sustentável.
    A globalização tornou o nosso mundo muito irracional e capitalista não dando importância e prevendo as consequências e gravidades às ações de hoje , algumas até irreparáveis , destruindo o nosso planeta, assim conseguir a todo custo o que se almeja, como o dinheiro, o poder, que hoje em dia é considerado pelos capitalistas aquilo que é mais importante que se possa ter.
    Temos que ter a plena consciência que estamos acabando com o mundo, e temos que tomar algumas decisões que possam melhorar e refletir no nosso futuro , visando nossos filhos e netos, pois é este planeta que eles no futuro terão .

  • Felipe Rodrigues

    Aluno: Felipe Santos Rodrigues
    Matrícula: 2500639
    Curso: Licenciatura em História
    Professor: Cíntia Bomfim

    Tanto se fala e pouco vem sendo feito sobre a preservação da Terra. O homem continua a consumir desenfreadamente, poluindo o planeta, acabando com os recursos naturais e quase nada acontece. A grande mudança não deve partir de programas governamentais ou outros financiados por grandes empresas. A mudança deve acontecer nas atitudes individuais. Gastar menos água, não desperdiçar energia, não sujar a rua, etc.

  • Reginaldo de souza

    A globalização traz essa nova configuração à sociedade, transpondo os
    limites geográficos dos Estados, unificando suas economias, por assim dizer, uma vez que os
    mercados financeiros estão interligados numa rede global e o capital circula livremente,
    descompromissadamente e de maneira acelerada sem se importar com as políticas econômicas
    de qualquer Estado. Por isso, diz-se que hoje são antes os Estados que se acham
    incorporados aos mercados, e não a economia política às fronteiras estatais

  • rafaela dos santos lira lima

    A verdade é que todos nós esperamos que não só o País em que vivemos, mas o Mundo em que nós vivemos esteja melhor do que hoje, livre do aquecimento global, precisamos construir um país e um mundo melhor para nossos filhos, que está geração possa de fato acordar, e cada um possa bater no peito e chamar a responsabilidade em não poluir nosso planeta. Que nossa economia possa amadurecer, e crescer, e dar seus frutos para o futuro, um futuro melhor para todos nós.

  • rafaela dos santos lira lima

    A verdade é que todos nós esperamos que não só o País em que vivemos, mas o Mundo em que nós vivemos esteja melhor do que hoje, livre do aquecimento global, precisamos construir um país e um mundo melhor para nossos filhos, que está geração possa de fato acordar, e cada um possa bater no peito e chamar a responsabilidade em não poluir nosso planeta. Que nossa economia possa amadurecer, e crescer, e dar seus frutos para o futuro, um futuro melhor para todos nós. estamos visando nossos filhos e netos,pois é este planetas que eles no futuro terão

  • rafaela dos santos lira lima

    718rafaela dos santos lira lima Your comment is awaiting moderation.

    dezembro 4th, 2013 às 17:50

    A verdade é que todos nós esperamos que não só o País em que vivemos, mas o Mundo em que nós vivemos esteja melhor do que hoje, livre do aquecimento global, precisamos construir um país e um mundo melhor para nossos filhos, que está geração possa de fato acordar, e cada um possa bater no peito e chamar a responsabilidade em não poluir nosso planeta. Que nossa economia possa amadurecer, e crescer, e dar seus frutos para o futuro, um futuro melhor para todos nós. estamos visando nossos filhos e netos,pois é este planetas que eles no futuro terão

  • Esses problemas afetam todo o globo, gerando efeitos que se refletem em todas as direções, sendo mais sentidos no âmbito do consumidor e do ambiente, despertando para a consciência de se desenvolver um consumo e um desenvolvimento sustentáveis.
    Nesta trajetória de descompassos econômicos e sociais, os direitos do consumidor e do meio ambiente foram alçados à categoria de novos direitos humanos fundamentais – de terceira geração – com o objetivo de construir uma sociedade mais justa, solidária e fraterna. Se antes a humanidade tinha uma visão apenas utilitarista da natureza e de seus recursos, numa limitada e precária perspectiva, hoje temos a percepção da magnitude das suas dimensões, passando para um indispensável humanismo ambiental para a garantia de nossa sobrevivência neste planeta.
    Prof. Rodrigo Gonçalves
    Disciplina:Recursos de Massoterapia Aplicados a Estetica
    Curso: Estética e comestica
    Aluna: Danielle Lima do Nascimento – 0101430

  • Lucas Butler Ramos

    sustentabilidade consiste em atividades humanas que visam suprir as necessidades atuais dos seres humanos, sem comprometer o futuro das próximas gerações.
    O reconhecimento da importância da questão ambiental tem determinado uma discussão cada vez maior sobre os padrões de desenvolvimento sustentável. A preservação ambiental são fundamentais para a sociedade e devem conviver em harmonia para que haja um maior equilíbrio e justiça social entre os povos.

    Aluno: Lucas Ramos
    Prof: Jorge Kenedy

  • Lucas Ramos

    a sustentabilidade é um problema que vem fazendo os grandes governantes refletirem nos últimos anos, ações de preservação do meio ambiente estão sendo cada dia mais discutidas, pois devemos controlar as ações do homem para não causarmos a extinção do planeta.

  • Amanda Barboza da Silva

    ANTES DE COBRARMOS RESPONSABILIDADE SOCIAL,DEVEMOS FAZER NOSSA PARTE, POIS CABE MUITO MAIS A NOS MUDAR ESSE CENARIO, RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL OU DESENVOLVIMENTO SUSTENTAVEL, NAO E SO DE RESPONSABILIDADE DAS EMPRESAS E GOVERNO E SIM DE TODA A SOCIEDADE. POIS SE QUEREMOS UM FUTURO POSSIVEL DE SE VIVER, DEVEMOS COMEÇAR JA A REVER NOSSAS ATITUDES DIANTE DESTE CENARIO.

  • Adriana Souza Lima

    É possível afirmar que chegamos ao início do século XXI com um conceito de desenvolvimento sustentável bem mais amadurecido, que não está mais restrito as discussões acadêmicas e políticas, de defensores e contestadores, mas que se popularizou por todos os continentes, passando a fazer parte da vida cotidiana das pessoas. Um conceito que está presente desde as pequenas atitudes diferenciadas de comportamento, como a separação e a reciclagem do lixo doméstico, tomadas pelo cidadão comum, até as grandes estratégias e investidas comerciais de algumas empresas as quais se especializaram em atender um mercado consumidor em franco crescimento, que hoje cobra essa qualidade diferenciada tanto dos produtos que consome, quanto dos processos produtivos que o envolvem; uma verdade que abre grandes perspectivas para o futuro. Uma forma de desenvolvimento que não está mais no plano abstrato, e que se mostra cada dia mais real e possível, principalmente no plano local.

  • Luana Andreza

    Os efeitos da globalização são muitos alguns positivos outros negativos , depende do ponto te vista de cada um. Na minha opinião os pontos positivos são : O aumento do interesse dos cidadãos pela cultura e a economia de outros países e também possibilitou indivíduos de todo o mundo se conectarem e terem acesso a informações de diversos continentes , o que também faz com que nós não só estejamos atentos ao nosso “mundinho” particular , mas também estejamos informados com acontecimentos mundiais , que podem ou não afetar nossa população. O efeitos negativos é a perca das culturas tradicionais , ou seja o individuo esquece as tradições de seu próprio país para se enquadrar em culturas de países diferentes.
    O mundo globalizado quer um cidadão de mente aberta , que aceite diversas culturas , mas não se esqueça também da cultura de seu próprio país , que veja o mundo como um todo e não somente viva preocupado com seus próprios interesses pessoais.
    Prof. Monique Maron
    Estética 3º Periodo

  • Suelen Carvalho

    Um dos grandes erros da humanidade é o ser humano achar que é superior aos outros meios de vida, e não dar o devido valor que eles merecem. Não faz tanto tempo que uma certa parte da população tomou consciência disso, quando começou a passar nas TVs do efeito na camada de ozônio, que era possível ficar sem água pura. A partir daí que algumas coisas começaram a mudar, mas ainda nada o suficiente para reverter essa situação. Chegamos a um ponto que compreendemos a nos sa vulnerabilidade em relação ao meio ambiente, e se não começar de agora a mudar essa situação, daqui a alguns anos estará tudo acabado.
    Suelen Carvalho 0101417
    Professora: Monique Maron
    Drenagem linfática

  • Luana Andreza

    O ser humano passa cada vez mais tempo olhando para si próprio ao invés de enxergar o mundo como um todo ,se preocupam demais com seus bens , seu bem estar , sem pensar no dia de amanhã , no mundo de amanhã , ai entra a sustentabilidade , devemos preservar o que temos hoje , para que não nós falte no dia de amanhã , num futuro próximo . Devemos sim preservar nosso país e nossa natureza , se cada um fizer sua parte , certamente o mundo seria mais avançado nesse aspecto , não sei em outros países , mas no Brasil especificadamente , as pessoas sempre pensam : “Todos fazem , não tem problema eu fazer também!” , se todos pensarem assim , imagina quantos lixos teriam na rua , ainda bem que ainda existe gente no nosso país que tem um pensamento diferenciado e não comete esse tipo de erro , pois o lixo que hoje você joga na sua esquina , amanhã tem outro que joga também e assim vai , então devemos fazer nossa parte com o mundo e com nosso país , pois isso mais tarde terá um valor imenso aos nossos descendentes.

    DML – estética 3º período
    Luana Andreza – 0101392
    Prof. Monique Marron

Leave a Reply

 

 

 

You can use these HTML tags

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>